Motivação e o Treino

Musculação, treino ou exercícios de força são utilizados para denominar a mesma prática (Rizzetto, 2010). Esta modalidade pode ser definida como sendo: execução de movimentos biomecânicos localizados em segmentos musculares definidos com a utilização de sobrecarga externa ou do próprio corpo (Guedes, 1997).

Os exercícios de força, são adequados não só para indivíduos saudáveis, mas também seguro e eficiente em indivíduos cardiopatas e hipertensos (Rizzetto, 2010). O ganho de força é um fator com grande importância para que procure a musculação como uma forma de treino físico (Amorim, 2010). Neste caso o ganho de força torna-se um fator motivacional para a prática de musculação.

Num estudo realizado por Amorim (2010), os fatores motivacionais para a prática de musculação por adultos jovens com faixa etária de 18 a 30 anos, sua amostra foi composta por 40 indivíduos do sexo masculino, seus resultados demonstram que os principais fatores motivacionais estão relacionados com estética, prazer e saúde seguidos de sociabilidade, controlo de stress e por último competitividade. Liz (2011) aponta como causas mais frequente para a iniciação a musculação, um público cuja faixa etária mais frequente foi de 18 a 30 anos por ela causar a sensação de bem-estar, ajudar a manter o corpo em forma, fortalece o corpo e melhora a condição física, socialização, produz resultados rápidos, melhora saúde produz disposição para a realização de tarefas diárias. O mesmo autor revela os resultados do seu estudo quanto aos fatores mais frequentes para a desistência da prática de atividade física, sendo eles, falta de tempo, atendimento profissional desqualificado, poucos aparelhos para a prática, cansaço, ocorrência de lesão, não promover a socialização entre os praticantes, monotonia.

Em estudo realizado para identificar a motivação para prática regular de atividades físicas em ginásios Balbinotti e Capozzoli (2008) relatam que as mulheres apresentam médias aritméticas nominais maiores que as dos homens nas seguintes dimensões: Controlo de stress, Saúde e Estética. Já os homens, apresentam maiores médias nominais nas dimensões Sociabilidade, Competitividade e Prazer.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s